CHE NOS CINEMAS

Uma vida de luta contra injustiças contra o povo latino-americano, depois essa luta se estendeu até o Congo. De guerrilheiro à intelectual (lados que se intensificaram após a viagem com a La Poderosa), um símbolo de bravura e resistência que ganha admiradores mesmo depois de mais 40 anos de sua morte. Esta é abordagem dos filmes “O Argentino” e “Guerrilha”, que retrata a vida de Ernesto Che Guevara. O diretor da produção é Steven Soderbergh, e o protagonista foi interpretado por Benicio Del Toro.”É impossível fazer o personagem Che, ou um filme de Che. Quando soube que era impossível, deixei de ter medo”, afirmou Del Toro em entrevista coletiva. Isso mostra o poder do personagem.

O primeiro filme mostra a vida do revolucionário até sua chegada a Cuba de Fidel Castro. Já o segundo dá enfoque na sua luta na Bolívia, onde foi executado pelo próprio exército desse país. Os ideais de Che não foram perdidos após sua morte, pois a situação no mundo ainda é preocupante, com certeza se ele estivesse vivo, estaria lutando em ouro país em busca da liberdade.

“Estou aqui simplesmente porque considero que a única forma de livrar a America de ditadores é derrubando. Ajudando na sua queda de qualquer forma. E, quanto mais direta, melhor”. Trecho de uma entrevista de Che em Sierra Maestra, região montanhosa de Cuba, prestes a dar o golpe para derrubar Fulgêncio Batista.

Anúncios

Uma resposta em “CHE NOS CINEMAS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s