O VIOLINO

Avenida Paulista, cerca de 21h00min, perto do MASP, mais precisamente próximo do metrô, um homem tocando um violino chamou atenção. Não foi pela sua aparência, pois provavelmente você que anda pela maior metrópole brasileira pode ter esbarrado com ele em qualquer lugar. Sua música era a protagonista, uma canção triste e envolvente, funcionava perfeitamente como uma trilha sonora para o fim do dia. Ele não dizia qualquer palavra, sua música dizia tudo por si só. 

“Às vezes não nos damos conta, mas a música nos cerca por todos os lados. Há músicas pra dançar, namorar, estudar, enfrentar o trânsito, trabalhar, fazer ginástica, para relaxar no final de semana, para rezar, curar e memorizar. E para comunicar emoções que não conseguimos transmitir só pelo meio de palavras. E música simplesmente para ouvir e curtir. Dos aborígenes australianos aos esquimós no Alasca, todas as sociedades do mundo a têm em sua cultura…

A música está conosco desde quando ainda não éramos humanos. Com base no achado de flautas de ossos feitas há 53 mil anos pelos neandertais, pesquisadores estimam que a atividade musical deve ter pelo menos 200 mil anos – contra 100 mil anos de vida do Homo Sapiens.” (Revista Super Interessante. Edição 203 – Agosto/2004). Resumindo, é para isso que serve música!
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s