APOLLO 13

“Houston, We Have a Problem”


Esta semana completaram 40 anos que o homem chegou à lua, 20 de julho de 1969. Mas La Poderosa não vai falar da missão que deu certo a Apollo 11, e sim da terceira missão da NASA tripulada à lua que deu errado: a Apollo 13. Esse fato verídico virou até filme em 1995 com a direção Ron Howard. O longa metragem também é inspirado no livro “Lost Moon: The Perilous Voyage of Apollo 13”, do comandante Jim Lovell.

Os três astronautas americanos James Lovell (Tom Hanks), Fred Haise (Bill Paxton) e John Swigert Kevin Bacon) seguiam em uma viagem normal em direção ao satélite terrestre, mas a nave sofre uma explosão deixando todos entre a vida e a morte. Com o acidente eles tiveram vários problemas como o risco de ficarem sem oxigênio, energia e comunicação.
Para garantir a sobrevivência eles foram obrigados a desligar toda parte eletrônica que podiam, além de economizar o consumo de água também. Na Terra muitos davam a morte certa para os tripulantes. Na espaçonave os astronautas com ânimos exaltados acabaram discutindo entre si, pois a sede, cansaço e a quantidade de oxigênio cada vez mais baixa estavam no limite.

Todos chegaram salvos. Lovell chegou a perdeu cinco quilos de peso. Por causa da desidratação e outros fatores, Fred Haise desenvolveu uma infecção na próstata, uma febre de 40 graus e esteve doente por duas ou três semanas depois do retorno. Ninguém estava dando muita importância a essa viagem à lua, porque já não era um fato novo acontecendo. Entretanto com o acidente, o mundo inteiro se voltou para a Apollo 13.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s