HOMEM-ARANHA NO TEATRO

Entre os últimos ensaios e detalhes para a estreia de O Homem-Aranha, Ação E Aventura no Ginásio do Ibirapuera em São Paulo, entrevistei Daniel Granieri. O ator interpreta o protagonista da peça e contou alguns detalhes dessa produção que é sucesso nos quadrinhos desde os anos 60.

_______
Como você foi escolhido para interpretar o Peter Parker?
_______
Daniel Granieri – Eu fui chamado para um teste e o produtor de elenco conhecia meus trabalhos anteriores. Além disso, também fui lembrado porque meu perfil físico é bem parecido com o do Peter Parker. Tinha que mostrar uma boa interpretação e uma habilidade nas cenas de ação. O que é mais legal é que fiquei bem natural durante os testes de cenas, voos e lutas. Essa experiência está sendo incrível e, com certeza, não irei esquecer.
_______
Para você interpretar Peter Parker você se baseou mais nos quadrinhos ou nos cinemas?
_______
Granieri – Não tinha como não assistir os filmes, pois sabia que a maioria do nosso público assistiu todos eles, e por isso, assisti bastante os longas. Entretanto, me inspirei muito nos quadrinhos. Fiz uma pesquisa enorme, já era fã da história, fui atrás das edições clássicas, as primeiras edições em história em quadrinhos criadas por Stan Lee e Steve Ditko, depois com John Romita e entre outros. Agora O Homem-Aranha, Ação E Aventura é um espetáculo que se passa nos anos 60, por isso a trama se baseia mais nos quadrinhos. Não quis trair nem os filmes, nem o HQ, fiz uma nova interpretação, mas mantendo a originalidade do personagem.
_______
O Homem-Aranha é um super heroi diferente por ser um personagem mais humanizado do que outros como o próprio Superman?
_______
Granieri – O Superman vem de outro planeta e tem poderes que só alguém vindo do espaço pode ter. O Batman se preparou a vida inteira para ser um super heroi. Agora o Homem – Aranha é um cara que vem do nada, por uma picada de uma aranha acaba ganhando poderes e se tornando um heroi. Ele não está preparado para ser um heroi, ele era um cara tímido, usava óculos, não se dava bem com as mulheres. O personagem sofreu a picada quando tinha apenas 15 anos, era considerado meio nerd pelos amigos, um cara inteligente e dedicado que acabava sofrendo com algumas piadas.
_______
O que te atraiu para interpretar Homem – Aranha?
_______
Granieri – Ele é o mais humano dos heróis, esse é o grande diferencial do personagem. Como ator eu sempre gostei dos conflitos, do lado humano e também da parte da ação e aventura. Por isso, o Peter Parker é um ser humano completo que possui grandes poderes de heroi.

A peça traz vários inimigos, qual deles é o pior?

_______
Granieri – Em nosso espetáculo quem me dá mais trabalho é o Duende Verde, principalmente porque ele sequestra a Mary Jane, o amor da vida do Peter Parker. Entretanto, o Dr. Octopus também é um grande vilão, um cientista que é dominado pela máquina. Além deles, tem também o Abutre, o Homem-Areia, Rino, Mysterio, Lagarto, temos todo o sexteto sinistro para complicar a vida do Homem – Aranha.
_______
Para fazer as cenas de risco do espetáculo você teve algum preparo?
_______
Granieri – Fiquei em torno de 40 dias fazendo treinos de lutas, que também é conhecido como luta cênica, além de treino de voos, tirolesa, rapel. Já tive um treino com yoga, sou formado em artes do corpo, fiz Commédia Dell Arte. Tem um trabalho físico de ator, mas foi uma novidade encarar mortais, chutes aéreos, voar. O espetáculo tem cerca de 20 minutos de ação com o Peter Parker sem a máscara, isso prova que eu mesmo faço as cenas, os efeitos especiais também são um show a parte.

Quais seus principais trabalhos como ator?

_______
Granieri – Eu interpretei o Cazuza no Por Toda Minha Vida da Globo, que ainda será exibido esse ano. Tenho 11 anos de carreira, atuei como Tomás em Dance, Dance, Dance na Bandeirantes, essa produção acabou sendo indicada para o Emmy Awards. Também participei de Tristão e Isolda, interpretei Hamlet, trabalhei em alguns filmes, sempre estou focando minha carreira de ator.
_______
Você acha que a chegada do Dia das Crianças vai ser outro ponto forte para a peça?
_______
Granieri – Eu espero, pois a peça é um grande passeio para trazer as crianças, o local é perto do Parque do Ibirapuera. Essa é uma produção que está viajando a América Latina, já passou por Chile e Argentina, depois de São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília irão receber o espetáculo. É uma oportunidade única tanto para os fãs, quanto para mim. Quando estava para começar os ensaios para o Homem-Aranha, eu tinha uns convites para algumas novelas. Entretanto, novela tem várias durante o ano, agora essa peça é única, é uma honra interpretar esse papel.
_______
Confira entrevistas e fotos através do site Click Cultural.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s