À PROVA DE MORTE

death-proof-02 
Em 2007, Michael Jackson nem havia morrido, a Espanha nem sonhava em ser campeã da Copa do Mundo, Ronaldo Fenômeno nem era jogador do Corinthians… Neste ano, foi lançado Death Proof, ou seja, três anos atrás… Mais uma obra de Quentin Tarantino. Por causa de vários empecilhos, o longa não chegou no Brasil. Quando mais ninguém esperava, eis que À Prova de Morte ganhou sessões em algumas salas pelo país. O curioso é que a maioria assistiu Bastardos Inglórios primeiro, filme do diretor de 2009.
À Prova de Morte é uma trama que envolve carros, mulheres, bebidas, mas não é nenhum Velozes e Furiosos, quando se tem Tarantino na parada, pode esperar algo que com certeza vai te surpreender. No filme, três amigas saem para se divertir e chamam a atenção de todos por onde passam, inclusive a do misterioso Stuntman Mike, um dublê temperamental que se esconde atrás do volante do seu carro indestrutível. Ele é Interpretado por Kurt Russell.

grindhouse02 
Seu carro é usado em filmes envolvendo carros em alta velocidade, portanto é todo reforçado, pode se dizer que é à prova de morte. Stuntman Mike é um serial killer? Talvez sim, ele tem uma fixação por mulheres bonitas, que gostam de se divertir com algo relacionado à adrenalina, sem contar que elas precisam gostar de uma certa exposição. Nada se sabe sobre este homem, a não ser que tem uma cicatriz no rosto e evita bebidas alcoólicas.
death-proof-mustang
Tarantino faz até uma pequena ponta no longa, ele vive um dono de bar que adora beber alguma coisa com seus clientes, além de esbanjar certo carisma. À Prova de Morte tem características que sempre estão nos trabalhos do diretor como a bela trilha sonora. As músicas são empolgantes e dançantes ao mesmo tempo.
Os diálogo são tensos, note que as mulheres tomam conta das cenas, suas conversas sobre assuntos sem importância do cotidiano servem para desviar a atenção de um ataque iminente de Stuntman Mike. Algo muito parecido com a cena de abertura de Bastardos Inglórios, onde há uma conversa de Hans Landa.
death_proof_03 
Além disso, À Prova de Morte mostra várias influências cinematográficas de Quentin Tarantino como Richard Rush, Roger Corman, Sam Peckinpah e Richard C. Sarafian. Este último dirigiu Vanishing Point, uma das grandes referências de Death Proof. O filme é de 1971 e ganhou o nome de Corrida Contra O Destino no Brasil.
O longa retrata a história de Kowalski (Barry Newman), um ex-fuzileiro e herói da guerra do Vietnã, ex-corredor automobilístico e ex-policial demitido da corporação. O personagem dedica-se a transportar carros para um pequena oficina. Em um desses trabalhos, ele deve levar um Dodge Challenger ’70 de Denver, no Colorado, para São Francisco, na Califórnia.
  2007_death_proof_006 
O protagonista faz uma aposta de entregar o carro em um dia e uma pequena infração no percurso se transforma em uma perseguição pela polícia rodoviária de três estados americanos, onde ganha notoriedade e é transformado em ídolo pelo DJ Super Soul (Cleavon Little). O duelo entre os automóveis desse filme serviram de inspiração para Tarantino compor as arrancadas de Stuntman Mike.
2007_death_proof_005 
À Prova de Morte é tão surpreendente desperta sensações de euforia no público do cinema. Isso ocorre principalmente na parte o final do filme, onde outra característica do diretor aparece: Vingança!
dp
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s