KIARA SASSO

kiara 2 
Jekyll & Hyde – O Médico e o Monstro está em cartaz no Teatro Bradesco na cidade de São Paulo. Um dos destaques desse espetáculo da Broadway é Kiara Sasso, que interpreta Emma Carew.

A atriz também já passou por O Fantasma da Ópera, Miss Saigon, A Bela e A Fera, A Noviça Rebelde, ou seja, grandes musicais. Momentos antes de mais uma apresentação, ela falou sobre sua carreira nos palcos.
Leia a entrevista abaixo.

fto_ft2_8913 ClickCultural – Sua personagem em O Médico e o Monstro é uma mulher a frente do seu tempo? Durante o espetáculo, ela se mostra uma pessoa bem decidida.

Kiara Sasso – Cada ator inventou uma história para seu personagem antes do espetáculo acontecer. Eu inventei que ela perdeu a mãe aos 12 anos de idade, criou uma ligação muito forte com o pai. Por causa dessa perda, ele acabou fazendo todas as vontades dela, dando uma liberdade também. A Emma Carew ficou muito forte em decorrência do sofrimento, uma mulher a frente do seu tempo, escolhe a pessoa com quem vai se relacionar. O pai sempre aceita essa postura da filha, ele quer que ela seja feliz. Minha personagem é decidida, acredita no amor, como toda romântica acha que isso resolverá tudo.
ClickCultural – Como é aguentar o sábado? Onde vocês têm duas sessões de Jekyll & Hyde – O Médico e o Monstro?

Kiara Sasso – É cansativo, mas nós do teatro musical estamos acostumados com a dobradinha, principalmente sábado e domingo. Na semana de estreia de O Médico e o Monstro, fizemos nove espetáculos em uma semana. Não vamos para a balada, não bebemos gelado, não tomamos sorvete. Isso faz parte, pois queremos muito estar ali no palco.
fto_ft1_8562 ClickCultural – Você tem algum cuidado especial com a voz?

Kiara Sasso – Normalmente, no dia do espetáculo, eu evito derivados do leite, faço aquecimento, bebo bastante água ao logo da apresentação. Geralmente, quando não estou bem, tomo alguma coisa como mel, faço inalação.
ClickCultural – Durante o espetáculo, você tem várias trocas, existe alguma dificuldade com todos esses vestidos longos e requintados?

Kiara Sasso – Com o decorrer do tempo, nos acostumamos com esses vestidos pesados e longos [Risos].
ClickCultural – Como em Jekyll & Hyde – O Médico e o Monstro, você acha que o ser humano tem seu lado do bem e do mal?

Kiara Sasso – Com certeza, cada um tem seu lado do bem e do mal, nós temos que entender e saber lidar com isso.
kiara-sasso-e-nando-pradoClickCultural – Você já passou por O Fantasma da Ópera, Miss Saigon, A Bela e A Fera, A Noviça Rebelde, agora Jekyll & Hyde – O Médico e o Monstro, ou seja, grandes espetáculos. O que te impulsionou a cair no mundo dos musicais?

Kiara Sasso – Foi quando assisti O Fantasma da Ópera aos 11 anos de idade nos Estados Unidos, me apaixonei pelo teatro musical. Comecei a atuar nesta área por acaso no Rio de Janeiro, fui passando de um musical para outro, as coisas foram acontecendo. Até que aos 17 anos, fiz teste para Os Fantástikos, um musical Off- Broadway com Charles Möeller e Claudio Botelho. A partir deste momento, entrei de vez nos musicais, depois apareceram grandes espetáculos como A Bela e A Fera. Cada vez mais esse mercado está crescendo, por isso muitas pessoas estão interessadas, os musicais estão ganhando uma força muito grande. Quando comecei, não tinha todo esse poder.
ClickCultural – Tem algum momento especial em sua carreira no mundo dos musicais?

Kiara Sasso – Todos eles foram especiais, cada um teve um motivo diferente, todos os personagens tiveram seus encantos.
SONY DSC
kiara sasso ClickCultural – Recentemente, você estrelou um longa chamado Dores e Amores. Tem alguma previsão para ser lançado nos cinemas?

Kiara Sasso – Fizemos o Festival de Paulínia, onde pude ver o filme pronto. Agora estamos aguardando se ele irá entrar em cartaz. No Brasil, o cinema é complicado para conseguir patrocínio. O plano é para a estreia ocorrer nesse segundo semestre ou no primeiro do ano que vem.
ClickCultural – O teatro é diferente? Pois, em todas as sessões é preciso manter o frescor do espetáculo, o trabalho não acaba na estreia.

Kiara Sasso – Isso é muito importante para nós do teatro musical, principalmente quando um espetáculo chega com uma temporada de um ano e meio ou dois. Cada dia tem algo diferente, o ator e a plateia sempre estão diferentes, tem que manter a magia todos os dias. O que é legal, quando se está em um espetáculo durante muito tempo, é que sempre se descobre coisas novas. A Noviça Rebelde, por exemplo, do primeiro ao último dia, foram descobertas coisas novas, você acaba criando uma grande intimidade com seu personagem.
* Matéria Feita Para o Site ClickCultural
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s