O PELICANO

fto_ft2_10337 O Pelicano está em cartaz no Viga Espaço Cênico em São Paulo. A trama tem a direção de Denise Weinberg e é mais um trabalho da Cia. Mamba de Artes. O espetáculo promete envolver o público mais ainda no universo do sueco Johan August Strindberg (1849 – 1912), um dos mais importantes dramaturgos da história.
Na peça, quando o pai morre, a família começa a viver uma forte decadência financeira, o que acaba culminando em uma necessidade de reaproximação afetiva entre todos os seus membros, afeto esse esquecido com o tempo. Tal necessidade leva mãe, filho, filha, genro e governanta a perambularem pelos corredores da casa remoendo suas angústias, passando humilhações, vexames, privações, fazendo revelações escandalosas e ouvindo insultos uns dos outros.
A mãe (Sheila Gonçalves) que se vangloria em ser o pelicano para seus filhos, a ave que dá seu próprio sangue para alimentar a cria, se revela uma mulher infame, calculadora, diabólica, perversa, obscena, que matou seu marido de desgosto, casou sua filha (Patricia Castilho) com seu próprio amante (Flavio Baiocchi), e condenou seu filho (Flavio Barollo) a um desespero alcoólico.

fto_ft2_11760A governanta Margret (Lilian Blanc) vaga durantes anos nesta casa soturna e fria, testemunhando a avareza, a amoralidade, a fome e o frio desta família que se mantém apegada aos valores burgueses, sempre mantendo as aparências acima de tudo.

A diretora afirma que na peça, os personagens estão decididos a mudar sua situação aO Pelicano_1 qualquer custo, há grandes discussões em torno das figuras da mãe, filho e filha, e muitas revelações vêm à tona. 
Os personagens estão no limite, no ponto culminante da tragédia em suas vidas. É na peça que entendemos todas as suas angústias e dores.
Denise Weinberg diz que, na encenação, coisas misteriosas, fantasmagóricas, como portas e cadeiras batem e balançam sozinhas. 
“Strindberg vai além do realismo, beira o simbolismo, trabalha muito em cima da sensação que as coisas causam. Além do trabalho do ator, trabalhamos elementos de luz (com Wagner Pinto) e som (Eduardo Agni) para recriar a esfera de sensações”.
A peça recebeu o convite da direção do Teatro Íntimo de Estocolmo, o próprio teatro fundado pelo Strindberg, para se apresentar lá em 2012. Esse será o ano do centenário da morte do autor.
O-Pelicano-por-Ronaldo-Gutierrez_MG_3443-34
Serviço
Local: Viga Espaço Cênico
Endereço: Rua Capote Valente, 1323 – Pinheiros – São Paulo
Data: Sábado às 19h e às 21h e domingo às 19h até 19 de dezembro
Tel: (11) 3801-1843
Preço: R$ 10
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s