NA NATUREZA SELVAGEM

tumblr_l7274lhiqg1qd9ffgo1_500 um tal prazer nos bosques inexplorados; Há uma tal beleza na solitária praia; Há uma sociedade que ninguém invade; Perto do mar profundo e da música do seu bramir: Não que ame menos o homem, mas amo mais a Natureza.” Com as palavras do poeta britânico Lord Byron, começa a jornada de Christopher McCandless (Emile Hirsch), um jovem recém-formado que se aventura pelos Estados Unidos até chegar ao inóspito Alasca.

Na Natureza Selvagem é um road movie, gênero que faz seus protagonistas encontrar seu próprio caminho, descobrir seu verdadeiro. Chris tem tudo o que uma pessoa no meio capitalista almeja. Formado na faculdade com seus vários “A”, família com uma boa estrutura financeira. Apesar de ele seguir esse modelo, o personagem não se encaixa.large-into-the-wild-blu-ray2

Emily-Wallis-Into-the-Wild-Existe uma vontade de descobrir algo além, viver uma verdade. A partir deste momento, ele sai sem lenço sem documento, rumo ao desconhecido. Seu pôster do clássico Três Homens em Conflito imortalizado no personagem Clint Eastwood demostra sua vontade de ir por marés nunca antes navegados. Vive parafraseando autores como Henry David Thoreau ou Jack London.

“Se admitirmos que a vida pode ser regida pela razão, está destruída a possibilidade da vida”.

“Em vez de amor, dinheiro, fama, equidade, de-mê verdade.”

Cris se torna Alexander Supertramp, nasce para outra vida e abdica as mentiras alimentadas por todos os seus anos de vida. Sua única meta é chegar ao Alasca. Porém até se chegar ao seu destino, muitas pessoas passam por seu caminho e, de uma maneira ou de outra, ele muda algo nelas, trazendo sua sabedoria, isso com seus 22 anos. Seja nos hippies Rainey (Brian Dierker) e Jan (Catherine Keener) ou no solitário veterano de guerra Ron Franz (Hal Holbrook).

into_the_wild_yomgaA trama é baseada no livro homônimo, escrito pelo jornalista Jon Krakauer. Sean Penn se arrisca na direção e de maneira bem executad, além do próprio roteiro. A fotografia é um dos pontos altos do filme, área que ficou sob a responsabilidade de Eric Gautier (Diários de Motocicleta). Ao mesmo tempo, Eddie Vader criou a bela trilha sonora. O longa também foi uma forma de o ator Emile Hirsch sair do rótulo dos filmes de adolescentes.

Into The Wild poderia ser um filme de superação, entretanto vai a uma direção contrária, é amargo. Quebra os principais cernes inventados pelo capitalismo do século XX.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s