O LUTADOR

the-wrestler-04

posterCisne Negro é o trabalho de Darren Aronofsky que mais ganhou os holofotes, porém é em O Lutador que o diretor mostra todo seu poderio. Ele conseguiu manusear um drama em um tema extravagante, pouco explorado, sempre tratado como piada pela maioria: a luta livre.

Na trama, Randy “The Ram” Robinson (Mickey Rourke) é um solitário e famoso lutador de wrestler que se sustenta através das lutas e também de trabalhos informais que faz em um mercado local. Seu corpo não é mais jovem, todos seus movimentos escondem uma dor a cada ação. Até o seu coração não aguenta mais.

O personagem já se encontra descontruído, o que ele procura é estabelecer a glória do passado. Os fãs se tornaram fantasmas, na tarde de autógrafos quem o acompanha é mais o silêncio e o vazio. Jornais e revistas estampavam sua cara, entretanto o tempo são outros. Os gritos ovacionando seu nome quase desapareceram, o que lhe resta são apenas memórias e cicatrizes de uma era que não volta mais.

“Nada vai bater mais forte do que a vida”, essa frase de Rocky Balboa serve bem para a vida de Randy, onde ele está quase levando um nocaute para sempre. Além disso, ele procura dividir sua angústia com uma stripper (Marisa Tomei) e retomar o contato com Stephanie (Evan Rachel Wood), a filha abandonada por ele.

wrestler_22Entre o passado vitorioso e um futuro que beira o esquecimento, The Ram prefere a primeira opção, golpear a vida é o que ele sabe melhor. Essa não é uma história de superação, pois o personagem deseja fazer o que mais quer, não importando as consequências. Ainda mais se está valendo uma revanche com o Aiatolá (Ernest Miller), seu rival que lhe proporcionou a maior luta de todos os tempos há 20 anos.Mickey Rourke se tornou um dos atores mais bem sucedidos de Hollywood nos anos 80, principalmente por seus trabalhos em Corpos Ardentes, Quando os Jovens se Tornam Adultos, O Selvagem da Motocicleta, Nos Calcanhares da Máfia, 9 1/2 Semanas de Amor. Todavia, sua carreira teve um declínio longo. Apenas nos últimos anos, o ator ganhou bons papeis como em O Lutador e em Homem de Ferro 2. Uma situação que se assemelha a do seu personagem.

A trilha sonora é de um tempo em que a música era melhor. Quiet Riot, Scorpions, Accept, Guns N’ Roses, Cinderella se juntam a músicas tocadas por Slash e compostas por Clint Mansell. O filme adapta o livro que Robert Siegel escreveu sobre Randy “The Ram” Robinson, um astro ficcional da luta-livre dos anos 1980.Apesar dos cacos de vidro espalhados pelo ringue, Randy tenta juntar todas as partes novamente, mesmo que isto possa lhe custar um golpe final.

600--The-Wrestler-1

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s