CINEMA SAMURAI

rebellion-1967-03-g

1376532_591166757607186_311415963_n“Chambara” (チャンバラ) é o termo japonês para “filme de samurai”, que integra o gênero “jidaigeki” (時代劇,drama ou filme de época). Imortalizado por “Os Sete Samurais” (1954), de Akira Kurosawa, o “chambara” deu origem a várias obras-primas que fazem parte da história do cinema.

Agora, após o sucesso de “Musashi – Trilogia Samurai” e “Lobo Solitário”, a Versátil apresenta CINEMA SAMURAI, digistack com 3 DVDs que reúne 6 grandes clássicos “chambara” dirigidos por mestres do cinema japonês, como Masaki Kobayshi (“Trilogia Condição Humana” “Kwaidan – As Quatro Faces do Medo) e Masahiro Shinoda (Duplo Suicídio em Amijima”), e estrelados por astros do gênero, como Toshiro Mifune (“Yojimbo”), Tatsuya Nakadai (“Ran”) e Tetsuro Tamba (“Com 007 só se vive duas vezes”). Todos os filmes são apresentados em versões recentemente restauradas.

DISCO 1

13 assassinos” (Jûsan-nin no shikaku, 1963)

De Eiichi Kudo. Com Chiezo Kataoka e Kantaro Suga.

Lorde Naritsugu comete todo tipo de crueldade e permanece impune por ser irmão do Xogum, até que 13 assassinos são contratados para detê-lo. Refilmado recentemente pelo cultuado diretor Takashi Miike.

A lança ensanguentada” (Chiyari Fuji, 1955)
De Tomu Uchida. Com Chiezo Kataoka e Teruo Shimada.
Neste “road-movie chambara” do mestre Tomu Uchida, um jovem samurai beberrão viaja com seus dois servos pela estrada de Tokaido, rumo a Edo (atual Tóquio), encontrando uma série de personagens.

DISCO 2
Rebelião” (Jôi-uchi: Hairyô tsuma shimatsu, 1967)
De Masaki Kobayashi. Com Toshiro Mifune e Tatsuya Nakadai.
Obra-prima de Masaki Kobayashi (“Harakiri”), um dos maiores diretores japoneses. Toshiro Mifune interpreta um samurai que se revolta contra a tirania do senhor feudal de seu clã. Prêmio da Crítica Internacional no Festival de Veneza.

Três samurais fora da lei” (Sanbiki no samurai, 1964)
De Hideo Gosha. Com Tetsuro Tamba, Isamu Nagato
Primeiro filme do mestre Hideo Gosha (“Tirania”) e um dos maiores clássicos “chambara” de todos os tempos. Três ronin se envolvem em uma rebelião de camponeses contra um magistrado corrupto.

DISCO 3
Os sete rebeldes” (Kiru, 1968)
De Kihachi Okamoto. Com Tatsuya Nakadai e Etsushi Takahashi.
Obra-prima de Kihachi Okamoto, diretor que revolucionou o gênero e foi homenageado com uma retrospectiva na Mostra Internacional de Cinema de S. Paulo. Um ex-samurai e um camponês se envolvem em um perigoso conflito dentro de um clã. Filme de samurai que mistura ação e humor, com influência do faroeste spaghetti.

Assassinato” (Ansatsu, 1964)
De Masahiro Shinoda. Com Tetsuro Tamba, Eiji Okada.
Aclamado “chambara” de um dos expoentes da Nouvelle Vague japonesa. Em 1863, quando navios de guerras americanos aportam no Japão, um enigmático ronin se torna uma figura chave no complexo jogo de poder entre o xogunato e o império.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s