NATHAN, O SÁBIO

300Neste ano, a Mostra apresenta a cópia restaurada de Nathan, o Sábio, um clássico do cinema mudo alemão de 1922, que aborda temas como a paz e a tolerância entre os povos. O filme, que será exibido na área externa do Auditório Ibirapuera no dia 27 de outubro (domingo), ficou desaparecido entre 1930 e 1996, quando foi encontrado em Moscou. Nathan, o Sábio foi proibido pelo comitê de censura do governo alemão, no período que antecedeu o nazismo.

A exibição de Nathan, o Sábio, será acompanhada por trilha composta especialmente para o filme, pelo libanês Rabih Abou-Khalil, executada pela Orquestra Petrobras Sinfônica e regida pelo maestro Carlos Prazeres.

Dirigido por Manfred Noa, o filme é a adaptação da peça homônima do poeta alemão Gotthorld Ephraim Lessing. A história tem como pano de fundo a guerra religiosa entre cristãos, mulçumanos e judeus na Jerusalém do séc. 12 e traz o ator Werner Krauss (O Gabinete do Dr. Caligari – 1920) em uma de suas melhores atuações.

13277834

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s