OS CAMINHOS DE KUBRICK

http://barulhonoset.com.br/component/content/article/40-expo/294-especial-stanley-kubrick.html

Texto: Renato Fernandes
Edição: Luiza Wolf

??????2013 pode ser considerado o ano de Stanley Kubrick no Brasil. O cineasta foi um dos destaques da 37ª Mostra Internacional de São Paulo, que exibiu toda a sua filmografia restaurada; foram lançados os livros2001: Uma Odisseia no Espaço – em edição especial, que remete ao icônico monólito alienígena do filme – e Conversas com Kubrick, de Michel Ciment, que disseca a obra do diretor. Além disso, está em cartaz no Museu da Imagem e do Som (MIS), em São Paulo, Stanley Kubrick – The Exhibition, até 12 de janeiro, uma exposição que leva o público para dentro do intenso mundo do cineasta (veja horário de funcionamento e preços no pé da página).

Logo no começo do trajeto no museu, o público percebe que a base do trabalho de Kubrick é a fotografia, área na qual ele atuava constantemente ao fazer trabalhos para publicações como as revistasLook e Life. Como a imagem era seu negócio, logo começou a fazer filmes, entre os quais os documentários Dias de Luta (Day of the Fight, 1951), O Padre Voador (Flying Padre, 1951) e Os Marinheiros (The Seafarers, 1953).

Seus primeiros longas-metragens foram Medo e Desejo (Fears and Desire, 1953), A Morte Passou Perto (Killer’s Kiss, 1955) e O Grande Golpe (The Killing, 1956), todos presentes na mostra, claro: fotos, documentos com esboços de roteiros, custos da produção e anotações revelam os bastidores dos primórdios desse ícone do cinema.

kubrick_23_laranja_mecanica_2Na próxima sala, as boas vindas vêm dos bombardeios de Glória Feita de Sangue (Paths Of Glory, 1957), onde o público atravessa as trincheiras comandadas pelo Coronel Dax (Kirk Douglas). Cronograma das filmagens, fotos do estúdio das gravações na Alemanha e um telão com cenas ajudam a criar a atmosfera bélica do longa, que mostraria o grande diretor que Kubrick se tornaria no futuro.

A sala de guerra de Dr. Fantástico (Dr. Strangelove or: How I Learned to Stop Worrying and Love the Bomb, 1964) reserva imagens da concepção da obra, anotações de rodapé do roteiro e um esboço de como seria a sequência clássica do Major T.J. ‘King’ Kong “montando” em míssil atômico como se fosse um cowboy. Uma surpresa fica por conta de fotos de uma das cenas que mais deu trabalho: a guerra de tortas entre os líderes do bunker, que foi retirada do corte final.

Um figurino rico em detalhes e quadros ajudam a enxergar a fotografia de Barry Lyndon (1975). Mais uns passos a frente, surgem os corredores do Hotel Overlook – com uma trilha sonora assustadora saindo das caixas de som. Abra as portas dos quartos para se deparar com várias surpresas dos bastidores de O Iluminado (The Shining, 1980), como os vestidos das gêmeas que atormentaram o pequeno Danny (Danny Lloyd) e o machado que Jack Nicholson usou para viver Jack Torrance.

Na ala de Lolita (1962)em destaque está uma carta da atriz protagonista Suellyn Lyon para Kubrick. Ela diz que resolveu deixar sua carreira de lado e resolveu ficar em casa cuidando de sua família. Fotos e uma cenografia trazem toda a sensualidade da personagem que seduzia o Prof. Humbert Humbert (James Mason).

Um dos momentos mais emblemáticos fica por conta de 2001: Uma Odisseia no Espaço (2001: A Space Odyssey, 1968). Desenhos e projetos revelam a concepção épica e futurista de uma das obras-primas do diretor. O espaço reservado para o filme é como se fosse o interior de uma nave. O equipamento de astronauta, o figurino simiesco,  o monólito alienígena no centro e a figura de HAL 9000 estão entre os maiores destaques.

Apesar de não ser um projeto de Kubrick, Spartacus (1960) tem qualidades características do cineasta, principalmente no visual do protagonista vivido por Kirk Douglas. Figurino e uma réplica da prisão trazem o clima do Império Romano para a exposição.

a morte passou perto - stanley kubrick durante as filmagens.arquivo stanley kubrick da university of the arts london.foto alexander singer

O mundo autoritário e vigiado de Laranja Mecânica (A Clockwork Orange, 1971) é revelado com vários televisores que exibem cenas do longa. A ambientação leva o expectador para o verdadeiro habitat dos droogies para tomar um moloko, antes de aprontar mais uma sob o comando de Alex DeLarge (Malcolm McDowell).

Pôsteres e um helicóptero americano no Vietnã em miniatura indicam a próxima parada: Nascido Para Matar (Full Metal Jacket, 1987). Beliches do quartel que transformava jovens normais em verdadeiros assassinos mostram o mundo dos recrutas Joker, Pyle, Cowboy, entre outros. De Olhos Bem Fechados(Eyes Wide Shut, 1999), último filme do mestre, é retratado em um corredor cheio de máscaras com aquela música hipnótica da mansão em que o personagem Bill Harford (Tom Cruise) chega de penetra.

Quem conferir a exposição ainda tem um bônus track, já que a mostra não acaba com o último filme lançado de Kubrick. O diretor não conseguiu finalizar um projeto que provavelmente seria a obra máxima de sua vida: Napoleão. Ele terminou um roteiro sobre o imperador francês em 1969, contou com vários assistentes e historiadores para a pesquisa de cenários e figurinos. Tudo nos mínimos detalhes.

Esse material pode ser visto e evidencia o lado metódico do cineasta que fez 13 filmes em quase 50 anos de carreira, um atributo que mostra sua preocupação pela qualidade ao invés da quantidade, uma verdadeira imersão em cada projeto lançado. Antes de ir embora, dá tempo de ouvir trilhas que marcaram a filmografia desse gênio da sétima arte.

Stanley Kubrick – The Exhibition

Onde? Museu da Imagem e do Som (MIS-SP): Av. Europa, 158, Jd. Paulista, São Paulo, SP. Tel.: 0/xx/11/2117-4777.

Quando? Terça a sexta, das 12h às 21h; sábados, das 10h às 22h; domingos e feriados, das 11h às 20h. Até 12/1.

Quanto? R$ 20 (estudantes, R$ 10). Vendas online pelo site www.ingressorapido.com.br (não há meia-entrada na compra pela internet)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s