A SOLIDÃO DE TOM HANKS

01

14041323_ori

A Última Festa de Solteiro (1984), Splash – Uma Sereia em Minha Vida (1984), O Homem do Sapato Vermelho (1985), Um Dia a Casa Cai (1986), Quero Ser Grande (1988), Uma Dupla Quase Perfeita (1989), entre outros. Era esse tipo de filme que Tom Hanks atuava em seu começo de carreira nos anos 80, uma produção atrás da outra e, claro com suas qualidades. A maioria já o classificava como um ator de comédias. Entretanto, no início dos anos 90, ele protagonizou dois longas que mudaram definitivamente seu rumo no cinema: Filadélfia (1993) e Forrest Gump (1994). Dois papeis dramáticos que lhe renderam dois Oscars na categoria de Melhor Ator. Nos anos 2000, O Náufrago também entrou na sua filmografia de fortes dramas. Agora em 2013, foi a vez de Capitão Phillips. Ou seja, Tom Hanks saiu das comédias para o ramo de personagens que devem enfrentar, principalmente sozinhos, várias adversidades.

Philadelphia-Tom-Hanks

Em seu primeiro trabalho dramático de grande escala – Filadélfia, de Jonathan Demme –Hanks é Andrew Beckett, um advogado que processa a empresa em que trabalhava por demiti-lo em virtude de ser HIV positivo. O filme se passa nos anos 90, quando a doença era mais desconhecida, onde não se sabia claramente como era feito o contágio, situação que é mostrada até quando os personagens se cumprimentavam com um aperto de mãos. Ao mesmo tempo, aborda a questão da homossexualidade.

f429349abddd511a97a2d0ac39eb5263

Já em Forrest Gump – com direção de Robert Zemeckis – ele vive um personagem que está em outro plano, não compartilha os ideais, alheio as hipocrisias e ganâncias da sociedade. Aparece sempre correndo, como se estivesse sempre em busca de algo.

CAST_AWAY_drama_adventure_movie_tom_hanks____r_2500x1617Náufrago é mais uma parceria com Robert Zemeckis, praticamente um monólogo quando Hanks interpreta Chuck Noland, um inspetor da Federal Express (FedEx) que sofre um acidente aéreo em uma viagem a trabalho e sobrevive isolado em uma ilha durante anos. Um homem que perde tudo mesmo sendo resgatado. Pois, o tempo segue independentemente se você parar em algum lugar.

03

Neste ano, Tom Hanks encarnou mais um trabalho com um personagem daqueles. O Capitão Phillips é experiente e ao saber que deve entregar uma mercadoria que passará pelo mar da Somália, já sabe o perigo dos piratas que atuam na região com frequência. A câmera literalmente persegue o protagonista como anunciasse que algo logo iria dar errado, um incômodo que está explícito logo nos primeiros segundos quando o roteiro da expedição é enviado por e-mail.

Film Title: Charlie Wilson?s WarO mérito do filme – de Paul Greengrass – está no crescimento constante da tensão, nada parece que vai se resolver, pelo menos por um bom tempo. Nem o No Worries, Irish. Everything Gonna Be Ok sempre repetido pelo líder dos piratas ajuda na aflição que envolve a trama, na verdade piora ainda mais. Além do sequestro, o longa demonstra outras camadas como a pobreza africana e o imperialismo americano. Com certeza, esse não é o melhor papel da carreira do ator, contudo entra na categoria como um dos mais marcantes.

PS: Vale um destaque também para sua atuação em Jogos do Poder (direção Mike Nichols) ao dar vida ao deputado americano Charlie Wilson, um homem mulherengo e polêmico que não tem grande relevância política, todavia decide negociar uma aliança entre paquistaneses, egípcios, israelenses e o governo norte-americano, de forma que os Estados Unidos financiem uma resistência que possa impedir o avanço soviético durante a guerra no Afeganistão nos anos 80. Um filme menor, mas bem realizado, principalmente por Hanks viver um herói meio anti-herói e ter uma boa equipe atuando ao seu lado como Philip Seymour Hoffman.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s