COUTINHO NA CINEMATECA

cabra-marcado-para-morrer

e8b2eabf0b5403e1e711156d87b8361dA Cinemateca Brasileira homenageia a memória do cineasta, morto no último mês, com a exibição de quatro obras-primas de sua extensa e admirada filmografia, seguidas de debates que refletem o papel e a importância de sua obra para o cinema brasileiro.

Confira a programação:

Quinta-feira, 20/03 – 19h30: Cabra Marcado Para Morrer

Um filme sobre a vida do líder camponês João Pedro Teixeira começa a ser rodado em 1964, com a reconstituição ficcional da ação política que levou ao seu assassinato. As filmagens são interrompidas pelo golpe militar em 1964. Dezessete anos depois, em 1981, o diretor Eduardo Coutinho retoma o projeto e procura Elizabeth Teixeira e outros participantes do filme interrompido, como João Virgílio, também atuante em ligas. O tema central passa a ser a história de cada um deles que, revendo as imagens do passado, elaboram para a câmera os sentidos de suas experiências.

Mesa com Henri Gervaiseau (Professor da USP)Sexta-feira, 21/03 -19h30: Peões

A história pessoal dos metalúrgicos do ABC paulista que tomaram parte no movimento grevista de 1979 e 1980, mas permaneceram em relativo anonimato. Eles falam das origens, da participação no movimento e dos caminhos que suas vidas trilharam desde então. O filme foi rodado no período final da campanha presidencial de 2002, na qual Lula, líder sindical nas greves referidas, foi eleito presidente da República.

Mesa com Leandro Saraiva (Professor, jornalista, roteirista e diretor.)

Sábado, 22/03- 18h00: Santo Forte

Em 5 de outubro de 1997, uma equipe de cinema entra na favela Vila Parque da Cidade, situada na Gávea, zona sul do Rio de Janeiro. Os moradores assistem à missa celebrada pelo Papa no Aterro do Flamengo. Em dezembro, a equipe volta à favela para descobrir como seus moradores vivem a experiência religiosa. Católicos, umbandistas ou evangélicos, todos eles têm em comum a crença numa comunicação direta com o mundo espiritual através da intervenção, em seu cotidiano, de santos, orixás, guias ou do Espírito Santo.

Mesa com Mateus Araújo (Pós-doutorado em cinema na ECA-USP )

Domingo, 23/03 – 18h00: Edifício Master

Durante uma semana, Eduardo Coutinho e sua equipe conversaram com 27 moradores de um enorme edifício de apartamentos em Copacabana. Entre eles um casal de meia-idade que se conheceu pelos classificados de um jornal, uma garota de programa que sustenta a filha e a irmã, um ator aposentado, um ex-jogador de futebol e um porteiro desconfiado de que o pai adotivo, com quem sonha toda noite, é seu pai verdadeiro.

Mesa com Ilana Feldman.(Doutora em Ciências da Comunicação ECA-USP)

Entrada Gratuita

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s