HER

her-joaquin-phoenix-13

Spike Jonze sabe criar uma atmosfera bem particular em seus filmes, ELA não é diferente. Estamos em um futuro não tão distante dos tempos atuais. O mundo her-spike-jonze-posterse encontra bem cibernético, por incrível que pareça mais do que hoje, se isso ainda é possível.

Theodore (Joaquin Phoenix) é o símbolo perfeito desse clima online, trabalha como escritor de cartas de terceiros. Ninguém escreve mais para ninguém, a tecnologia que veio para otimizar nosso tempo, na verdade toma todo ele.

O protagonista visando ter uma melhor performance virtual, acaba comprando um novo sistema operacional para seu computador, que possui uma consciência chamada Samantha (Voz de Scarlett Johansson). Ele acaba se apaixonando e dá início a uma relação amorosa.  

spike-jonze-her-nyffO diretor soube captar bem a artificialidade do mundo tecnológico. A maneira como Theodore lê suas cartas, conhecendo o perfil de cada cliente, ele vive as emoções das outras pessoas. Talvez essa seja a explicação de ele ser um dos melhores, como diria seu chefe. Nada em sua vida parece real, mal sai do trabalho, e ele já precisa checar sua caixa de entrada de e-mail. É um homem que não sabe lidar com qualquer agente do meio social.

Samantha é uma válvula de escape, uma segurança em que Theodore achou para a sua impossibilidade de seguir em frente após o relacionamento com sua ex-mulher ter dado errado. A sincronia dos dois é mútua, ela sabe e toma juízo de todos os elementos que compõe a vida do personagem de Joaquin Phoenix. Os encontros e as confissões de um casal comum estão ali, só que de uma maneira diferente.

her-joaquin-phoenix-15

Tem até uma cena de sexo, porém esse é um dos pontos em que o diretor perde o que havia estabelecido. Tudo acaba em um breu total, talvez essa fosse a cena chave do relacionamento de Theodore e se torna uma das mais vazias da trama. Jonze estaciona no meio termo, fica a sensação que a história poderia ganhar um aprofundamento.  Vale destacar a interpretação de mais um outsider de Joaquim Phoenix, além do simulacro da privacidade que os meios online transmitem.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s