BLOW OUT

blow-out-movie-image-1um-tiro-na-noiteNo cinema,  o primordial é a questão da imagem. No entanto,  além de preencher esse requisito, Blow Out – de Brian The Palma -, revela que o som é crucial para atingir sua mensagem alinhada com a composição de planos.

Na trama, não é à toa que o protagonista é o operador de som. Jack (John Travolta) é um jovem que trabalha em uma produtora de filmes B. Certa noite, ele gravava alguns ruídos incidentais para usá-los em um próximo filme e acaba testemunhando o acidente de carro que culmina em uma conspiração política.

Logo na primeira cena, evidenciamos sempre as várias camadas que preenchem a obra do diretor. Estamos dentro de outro filme, um simulacro de Psicose, até finalmente chegar à trama principal com o personagem de John Travolta. Logo, já identificamos o que precisa para dar certo em um longa nos dias de hoje: os peitos de uma mulher, o resto não importa. É interessante como Brian The Palma critica a futilidade do cinema atual ao fazer um cinema louvável.

03

blow-outNos trabalhos do diretor tudo tem uma função, nada é colocado em cena simplesmente por acaso. Como no noticiário em que Jack assiste praticamente sem interesse algum. O protagonista planeja captar sons em uma noite para finalizar o restante de seu trabalho. Eis que o político daquela notícia do telejornal mais cedo está no centro das atenções do acidente que presencia o personagem.

O som tem o mesmo valor que o da imagem em Blow Out. É por meio dele que Jack Terry planeja reconstituir a cena e mostrar a verdade por meio da mentira, o que está além de nossos olhos. É um filme de sentidos literalmente.

blow out

A aula de cinema se dá com os movimentos maneiristas da câmera. O plano sequência do início do filme despretensioso em que os personagens estão envolvidos; o travelling circular que mostra perdido o protagonista ao reparar que sua prova do crime simplesmente desapareceu; a questão do duplo cinematográfico que intensifica o suspense da montagem. A câmera funciona como um sniper em determinados momentos do longa, um efeito que enfatiza o teor de conspiração que predomina na trama. A música de Pino Donaggio é certeira e contribui diretamente para a tensão nesse thriller.

Imagem1

Sally (Nancy Allen) é uma das chaves principais, está ligada ao político do acidente. O personagem de Travolta vê nela a oportunidade de encaixar as peças que faltam do quebra-cabeça, além de claro, um interesse amoroso. A mulher é uma maquiadora, outro símbolo da manipulação de imagem e cai como uma luva na característica vital do cinema de Brian De Palma.

blow-out-john-travolta

w_w_blow_up_presse08blow-out-1981-08-gA informação que pode trazer toda a verdade é considerada como um novo filme do Zapruder, um resquício da época da Nova Hollywood. John Lithgow encarna mais um vilão, dessa vez é Burke, praticamente um serial killer responsável por provocar o efeito dominó do acidente do início do filme. Pode se dizer que a trama é dividida em duas encenações: o da verdade e o da armação. Não tem como não se lembrar de Blow Up, de Michelangelo Antonioni.

No clássico, Thomas (David Hemmings) é um fotógrafo do mundo da moda que está cansado da rotina. Ao fazer imagens de um casal em um parque de maneira despretensiosa, ele descobre que pode ter documentado um assassinato. Tanto Antonioni como De Palma beberam na fonte de Janela Indiscreta, de Alfred Hitchcock.

blow-out-flagBlow Out finaliza focando o mal estar americano, a bandeira dos Estados Unidos e os fogos do 4 de Julho celebram uma cena que o protagonista nunca mais vai esquecer. Após as perseguições, inclusive no metrô, ele só tem vestígios do som de Sally em seu gravador e nada mais. Quando tudo se encaminharia para um final feliz como em Tragédia e Obsessão, Jack consegue achar o grito que faltava para terminar seu filme, só que de uma forma que ele queria evitar.

blowout_shot10l

Assim como Brian De Palma, Jack Terry precisou exercer sua profissão estando fora dos grandes holofotes. Só assim os dois podem exprimir sua verdade, um com sua mesa de som e o outro com sua câmera.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s