FORÇA MAIOR

originalUm dos destaques da 38ª Mostra Internacional de São Paulo, o filme sueco Força Maior promove de forma figurada uma avalanche nas relações familiares em várias instâncias. A direção é de Ruben Östlund.

Na trama, Ebba e Tomas decidem passar cinco dias de férias esquiando nos Alpes franceses com seus dois filhos. O pai deve passar mais tempo com a família, pois sua esposa acha que ele trabalha demais. Quando os quatro almoçam em um restaurante nas montanhas, uma avalanche se aproxima rapidamente e ameaça soterrar o local. Nenhum deles fica ferido, mas a atitude de Tomas durante o incidente pode causar danos irreparáveis.

Turist_lavinenimage1Aparentemente,  a família parece recém-saída de uma propaganda de margarina com todos os clichês possíveis que emanam a verdadeira felicidade.

Por trás de toda essa atmosfera, existem os cacos: o marido que finge não mexer no celular para se mostrar totalmente presente; o iminente perigo em que o pai se preocupa apenas consigo mesmo; e uma mãe chocada ao conhecer outra mulher que não tem somente o casamento e os filhos como prioridade na vida.

Na cena em que Ebba desabafa em relação às atitudes do marido é semelhante a um julgamento realizado na sala de estar. Os amigos presentes atuam como um júri ou um advogado em busca de um acordo para estabelecer o equilíbrio novamente com o casal.

Turist, foto 4

O longa apresenta uma reflexão sobre até onde mostramos quem realmente somos para nós mesmos e para os outros que convivemos,  além de doses de humor ácido.

Literalmente,  todos os alicerces dessa “perfeição” caem por terra. A troca de olhares e o estranhamento tomam conta da tela.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s