QUANDO A LENDA É MAIOR QUE O FATO…

Zx4f2Sz

… publique-se a lenda. A dupla de críticos Joseph McBride e Michael Wilmington é uma exímia conhecedora de John Ford. Já falaram de Rastros de Ódio (The Seachers, 1956), e não poderia deixar de falar de O Homem que Matou o Facínora (The Man Who Shot Liberty Valance, 1962).

uonU6GE

“Ford não está sugerindo que a mentira tenha se tornado verdade – afinal, como Peter Bogdanovich salienta, “Ford imprime o fato”, -, mas, ao contrário, que a mentira era parte da história e que o símbolo de Stoddard como herói tornou-se um fato. A lei triunfou sobre a anarquia; o território selvagem virou um jardim. Expor o símbolo como uma mentira seria negar o sentido da história.I7mYFhIE o público, como no final de Sangue de Herói deixa absolutamente claro, não acreditaria de qualquer forma. Uma vez que o processo histórico ganhou um catalisador, ele é irreprimível: esta é a tragédia. E a razão pela qual Ford “imprime o fato” é para perguntar as pessoas: ‘Vocês estão orgulhosas? ’ No trem de volta ao leste, Ranse e Hallie decidem retornar ao território selvagem quando o projeto de irrigação for aprovado pelo Congresso; contextualmente, esta é uma ideia sobremaneira ingênua.

9NDRAer

Ranse, satisfeito, prepara-se para acender o cachimbo, mas é interrompido pelo pomposo e efusivo condutor, que o presenteia como uma cuspideira e, assim que Stoddard o agradece, responde: “Não se preocupe em agradecer. O homem que matou Liberty Valance merece muito mais”. A câmera foca em Ranse e Hallie. Suas faces estão cansadas, silenciosas, quase opacas. Stoddard apaga a chama em sua própria mão, sem ter acendido o cachimbo. E, então o trem desaparece na História.”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s