ROBERT E FRANCESCA

maxresdefaultUm homem que conheceu o mundo por meio de sua lente fotográfica – Robert Kincaid (Clint Eastwood) pela revista National Geographic – e uma mulher italiana cansada de sua rotina em um vilarejo de Iowa – Francesca Johnson (Meryl Streep). Dois universos distintos que se unem e mostram a maestria da direção de Clint Eastwood mais uma vez, um homem que se consagrou no western ou na cidade como um detetive nada convencional. Um diretor que sabe como poucos trabalhar com a alternância de gêneros e fazer um trabalho magnífico e cheio de sentimento em As Pontes de Madison (The Bridges of Madison County, 1995).

Por meio de flashbacks, sabemos o que aconteceu com Francesca nos quatro dias em que o seu marido e filhos ficaram fora para ir à feira do Estado de Illinois. Cheia do barulho da batida da porta, da rotina de dona de casa, de um mundo que se estende apenas em sua propriedade rural. A personagem fica maravilhada com um homem que apresenta uma liberdade em sua maneira de viver. A reportagem fotográfica das pontes cobertas região se torna o estopim para um encontro amoroso. Robert pode descer em qualquer estação de uma cidade pelo simples motivo de achar o local bonito e agradável. Nada o impede.

1118full-the-bridges-of-madison-county-screenshot Continuar lendo

CLINT EASTWOOD, PTA, CRONEMBERG E PAUL VECCHIALI

03

02Jersey Boys

O penúltimo filme de Clint Eastwood teve umas das piores distribuições dos últimos tempos nas salas de cinema. Ainda mais na época da Copa do Mundo do ano passado.  Razão pela qual só foi possível conferir agora.

Nos últimos longas, o mestre tem se preocupado de fazer uma viagem pela história americana. Podemos ver isso nos longas sobre guerras e ícones dos EUA, agora o diretor segue o mesmo caminho, porém utiliza a música. O filme narra os altos e baixos do grupo The Four Seasons, quarteto que surgiu em Nova Jersey na década de 1960.

A ligação com um mafioso, os desentendimentos, as dívidas escancaram a banda que tinha sucessos como Big Girls Don’t Cry, Sherry, December 1963 (Oh, What A Night), My Eyes Adored You, Stay. Frankie Valli (John Lloyd Young) é o símbolo do sucesso com sua voz incomparável e dos problemas, pois tudo cai em seus ombros. Mais uma vez Clint Eastwood se empenha em desmistificar mitos. Continuar lendo