O LOBO DE WALL STREET

0302Conhecemos de cara um longa de Martin Scorsese. E O Lobo de Wall Street não poderia ser diferente. É um filme de gângster, não no sentido que estamos habituados pela filmografia do diretor, mas a intenção é a mesma, proporcionar para sua própria vida o que o Estado não consegue te oferecer, no caso muito dinheiro para o bolso de Jordan Belfort e cia. A ascensão e queda do personagem de Leonardo DiCaprio é bem similar que a de Henry Hill (Ray Liotta) em Os Bons Companheiros (1990). As narrações em primeira pessoa para explicar como era aquele mundo da Stratton Oakmont lembram as do clássico Cassino (1995).

O novo trabalho do diretor cinéfilo mostra a vida de Jordan Belfort, um homem que trabalhou duro em uma corretora de Wall Street, seguindo os ensinamentos de seu mentor Mark Hanna (Matthew McConaughey) durante seis meses. Quando finalmente consegue ser contratado como corretor da firma, acontece o Black Monday, que faz com que as bolsas de vários países caiam repentinamente.

07

Continuar lendo

DJANGO UNCHAINED

113

Quentin Tarantino está na ativa. Com um lançamento, digno de elogios, diga-se de passagem. Django Unchained tem todas as particularidades que o consagrou, as referências estão todas escancaradas para todo mundo ver. Uma união entre o thrash e o erudito.

07[2]Em sua filmografia, o diretor sempre namorou o faroeste. Está no duelo final de Cães de Aluguel (uma triangulação a la Sergio Leone em Era Uma Vez no Oeste); na justiceira de Kill Bill que duela com espadas com se fosse sacar uma arma do coldre e viaja por paisagens do gênero; no sotaque caipira de Aldo Raine (Brad Pitt) em Bastardos Inglórios, a música de Ennio Morricone… Além disso, ele esteve em cena em um longa do gênero: Sukiyaki Western Django (2007), de Takashi Miike. Onde o Velho Oeste é levado para a terra do sol nascente. Agora, Tarantino finalmente lança seu Western Spaghetti. Continuar lendo